15 de fevereiro de 2006


tenho nas mãos a medida exacta do amor
a porção que nos basta para existirmos
como a coisa mais pequena do universo
junto ao seu mais profundo pensamento

1 comentário: