17 de maio de 2009

video



tenho para te dar o meu corpo
despido de todas as palavras

o meu corpo como uma folha branca
para escrever nele o teu nome

e deixares que te cubra
se o inverno ainda te persegue



3 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

da pureza.


que se nos instala.




.

Tchi disse...

Todo o ar do mundo na cor de um respiro.

Carlos Vaz disse...

a tua poesia + Radiohead = Um Momento Perfeito