30 de abril de 2008



podemos estar desfocados pelo tempo
ou perdidos na imensa escuridão do silêncio

podemos adormecer sem saber se vamos acordar
e acordar sem saber se vamos adormecer

podemos esquecer todos os nomes do mundo
e apagar todas as casas onde vivemos

podemos morrer as vezes que quisermos
e nesse esquecimento perder as nossas raízes

podemos ter gasto as nossas forças à procura
e nunca ter encontrado outra paz igual a esta:

um irmão nascido a meio caminho dos sonhos
do mesmo sangue que dá vida à eternidade


(para o pi - 29 de abril)

2 comentários:

Gardagami disse...

See Please Here

sweepstakes disse...

Thanks to the blog owner. What a blog! nice idea.